Boletim: I Jogos Panamericanos Júnior – 2021 (Dia 8 – 02/12)

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE BEISEBOL E SOFTBOL


Boletim: I Jogos Panamericanos Júnior – 2021 (Dia 7 – 01/12)


E o Time Brasil segue subindo ao pódio dos Jogos com muita frequência! Nessa quinta (02) foram mais 16 medalhas, sendo quatro delas medalhas de ouro. Momentaneamente o Brasil passou a ser o segundo lugar no quadro de medalhas, com 43 ouros, 28 pratas e 44 bronzes.

Na sede do softbol e beisebol em Barranquilla, rodada de despedida, com a definição de todas as posições e os medalhistas.

No beisebol a medalha de ouro ficou com os donos da casa, vitória da Colômbia sobre a Rep. Dominicana. O bronze foi para Cuba. Já no softbol a seleção dos EUA, dominante na competição, subiu no lugar mais alto do pódio. A Prata ficou com o México e o Bronze para Porto Rico.

Todos os resultados das competições de beisebol e softbol, neste link aqui.

Novamente entrando em campo às 15h no Brasil, 13h em Barranquilla, nossa seleção foi a campo para enfrentar novamente a Colômbia, desta vez valendo a 5a posição nos Jogos. E desta vez o resultado final foi diferente do jogo anterior.

Nossa seleção foi dominante do início ao fim e venceu a partida por 7 a 0, garantindo o 5º lugar!

Nos arremessos, Gabriela Nishiuchi mais uma vez foi a abridora e por lá permaneceu por praticamente todo o jogo (cinco entradas, devido ao “called game”), apenas substituída por Giovana Shinkawa na quarta entrada, voltando depois na quinta e derradeira entrada.

O placar foi inaugurado logo na parte alta da primeira entrada com Larissa Assato, após rebatida de sacrifício de Gabrielle Coffey. Ainda na primeira entrada a segunda corrida ficou próxima de ser anotada, com bases lotadas e duas eliminadas, a defesa colombiana funcionou bem para dar fim a entrada.

A partida tomaria “rumo ao fim” logo na terceira entrada com a explosão ofensiva das felinas (alcunha de nossa seleção sub19). As seis corridas restantes para o placar final aconteceriam nessa entrada. Bianca Campos e Gabrielle Coffey anotariam corrida, impulsionadas por Mel Horita, que na sequência seria impulsionada por Gabriela Luz.

Gabriela Luz se aproveitaria de um passed ball para anotar a quinta corrida do Brasil. Giovana Yosida e Alanis Nakazawa se aproveitaram de um wild pitch, seguido por erro no lançamento da receptora para a terceira base, para anotarem as corridas restantes, definindo o placar da partida.

Mais uma vez nossa seleção sub23 aproveitou o fim das competições do beisebol, para apoiar a seleção de softbol, comparecendo em peso nas arquibancadas do estádio de softbol.

Este foi o basicamente o último evento da seleção em solo colombiano. Toda a delegação volta para o Brasil nessa sexta (03).

Colaboraram com informações e fotos, os chefes de delegação Thiago Caldeira (beisebol), Carlos Nakamura (sofbol) e Jesse Medeiros (coordenador do COB).

Create your account

Skip to content